Nespresso aumenta reciclagem em Portugal e investe meio milhão na reciclagem de cápsulas

Nespresso aumenta reciclagem em Portugal e investe meio milhão na reciclagem de cápsulas

Categoria Advisor, Empresas, Home

A Nespresso revelou que em menos de dois anos aumentou em 50% a sua taxa de reciclagem em Portugal, atualmente nos 15%, e apresenta um projeto inovador feito com alumínio 100% reciclado, no âmbito da segunda vida das cápsulas usadas.

Os valores agora alcançados são resultado da estratégia de reciclagem da marca em Portugal, que representa um investimento de aproximadamente meio milhão de euros por ano, e que está assentes em três eixos de atuação “facilitar a reciclagem”, “dar uma segunda vida às cápsulas usadas” e “consciencializar para a reciclagem do alumínio”.

A estratégia de reciclagem insere-se no âmbito do projeto de sustentabilidade mundial da marca, The Positive Cup, e prevê que a taxa de reciclagem em Portugal atinja os 25%, até 2020. A este objetivo juntam-se os compromissos assumidos, mundialmente, e que passam por alcançar 100% de capacidade de recolha de cápsulas usadas e garantir que 100% do alumínio usado nas cápsulas Nespresso seja gerido de forma sustentável.

Dar uma segunda vida à cápsula de alumínio

A ambição da Nespresso vai mais além da reciclagem e pretende retribuir e acrescentar valor à sociedade, ao dar uma segunda vida à capsula de café usada. No processo de reciclagem das cápsulas de café há dois resíduos envolvidos: a borra de café e o alumínio da cápsula, que são reutilizados ganhando cada um deles uma “segunda vida”.

Em 2010, a Nespresso lançou o programa “Reciclar é Alimentar”, um programa que reutiliza a borra do café contido nas cápsulas usadas, para enriquecer um composto agrícola utilizado para fertilizar arrozais, na região entre Grândola e Alcácer do Sal.

O arroz que sai destas plantações é posteriormente doado na íntegra ao Banco Alimentar contra a Fome. “Reciclar é Alimentar” é um projeto 100% português que, desde o seu lançamento, já permitiu entregar mais de 430 toneladas de arroz a esta Instituição, o equivalente a mais de 8 milhões de porções de arroz, a quem mais precisa.

Depois da ‘segunda vida’ da borra do café, a Nespresso dá uma ‘segunda vida’ à capsula de alumínio e lança um projeto disruptivo, 100% português. Da segunda vida do alumínio nasce a ECOCAMERA, uma câmara fotográfica “pinhole”, 100% analógica, feita com alumínio 100% reciclado.

De acordo Anna Lenz, diretora de mercado da Nespresso em Portugal: “Para a Nespresso reciclar não chega, queremos ir mais longe. Queremos transformar um fim, num começo, e por isto se torna tão importante dar uma segunda vida a uma cápsula de alumínio de café. A reutilização das borras de café geram arroz no projeto ‘Reciclar é Alimentar’, e o alumínio reciclado é utilizado para criar objetos e utensílios sustentáveis, como a ECOCAMERA. A segunda vida faz-nos acreditar que quando reciclamos, ajudamos a manter o planeta como ele é!”

Serviço de reciclagem para clientes profissionais

Para alavancar os objetivos de reciclagem, a Nespresso acabou de implementar um serviço de reciclagem para os clientes profissionais, com soluções desenhadas à medida de cada negócio — escritórios, hotéis ou restaurantes — e de acordo com as suas necessidades e dimensão.

Para os consumidores, a marca disponibiliza mais de 200 pontos para reciclagem espalhados pelo país, incluindo as 22 Boutiques Nespresso e os muitos Pontos de Venda Parceiros, onde os clientes podem entregar as suas cápsulas usadas para reciclagem, além do recycling@home, que permite recolher as cápsulas usadas com maior conveniência e comodidade, no momento da entrega de nova encomenda.