Primeiro-Ministro visita trabalhos de limpeza da floresta no concelho de Loulé

Primeiro-Ministro visita trabalhos de limpeza da floresta no concelho de Loulé

O Primeiro-Ministro, António Costa, escolheu o interior do concelho de Loulé para o arranque do périplo de vários membros do Governo pelo país para ver de perto as ações de limpeza de terrenos, num gesto simbólico de sensibilização para medidas preventivas para o risco de incêndios florestais.

Foi no Sítio dos Vermelhos, freguesia do Ameixial, que, no passado sábado, dia 24, António Costa, acompanhado pelo ministro da Agricultura, Capoula Santos, pelo secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, bem como pelo executivo municipal, teve a oportunidade de observar o trabalho que está a ser levado a cabo.

Ao todo, no país encontram-se no terreno 1100 militares, apoiados por 140 viaturas, e ainda 300 fuzileiros da Marinha, para além da associação de caçadores e elementos da Proteção Civil. O objetivo é, por um lado, eliminar a matéria combustível, criando faixas de proteção e, por outro lado, criar vias de acesso para os bombeiros.

Como salientou o líder governamental, “pela primeira vez, em muitos anos, há uma grande consciência nacional da necessidade de proceder a estes trabalhos”. Segundo o Primeiro-Ministro, o Governo está já a aplicar 75% das recomendações técnicas apontadas no primeiro relatório da Comissão Independente aos fogos de outubro de 2017. “Vamos prosseguir a execução tendo em conta os recursos existentes e o calendário adequado”, garantiu António Costa.

Os Vermelhos, uma aldeia isolada que em 2004 foi fustigada pelos incêndios que assolaram a Serra do Caldeirão, é um exemplo da importância deste trabalho de limpeza, tendo em vista o “reforço da segurança” das pessoas e bens, como considerou ainda António Costa.