Projeto InteGrid discute o que de melhor se faz na Europa na área das redes elétricas inteligentes

Projeto InteGrid discute o que de melhor se faz na Europa na área das redes elétricas inteligentes

Categoria Ambiente, Energia, Home

Esta quarta-feira, dia 27 de junho, a partir das 10h00, Lisboa vai ser o ponto de encontro de dezenas de instituições europeias ligadas à área da energia.

Desde empresas ligadas à indústria, tais como a General Electric, as Águas do Tejo Atlântico, a REN ou a SAP, a empresas ligadas à distribuição de energia, como a EDP Distribuição, ou a instituições ligadas à investigação, nomeadamente, o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESCTEC) ou a Universidade de Comillas.

O objetivo passa por apresentar aquilo que de melhor se faz na Europa na área da energia. A discussão vai ter lugar na sede da EDP. É precisamente por isso que foram escolhidas 10 startups nacionais e uma estrangeira para fazer, na tarde do evento, um pitch sobre uma solução tecnológica que tenham numa das seguintes áreas: carregamento de veículos elétricos e gestão de frota, tecnologias para redes elétricas inteligentes e energias renováveis.

“Sendo o mercado português composto em mais de 90% por pequenas e médias empresas que, por muitas soluções tecnológicas que tenham sempre conseguem chegar aos chamados gigantes industriais, achámos que fazia todo o sentido trazer este tipo de empresas para a discussão. Foi, por isso, que lançámos um concurso e das empresas que submeteram candidatura escolhemos dez”, explica Ricardo Bessa, investigador sénior do INESCTEC, coordenador científico do projeto europeu InteGrid e um dos organizadores do evento.

O evento “From Intelligent Energy Solutions to Disruptive Business Models” surge no âmbito do projeto europeu InteGrid, que tem como objetivo fazer com que três países europeus – Portugal, Suécia e Eslovénia –, possam aumentar a inteligência das suas redes elétricas até 2020.

O projeto europeu de 15 milhões de euros associou-se às atividades promovidas pela Comissão Europeia, denominadas Energy Days. Os Energy Days são eventos que se realizam durante os meses de maio e junho que têm como objetivo mostrar aos cidadãos e à indústria a importância das energias sustentáveis.

Programa 

Durante a manhã ainda vai haver espaço para dois painéis: um dedicado ao ponto de vista da academia, que vai contar com as intervenções da Universidade de Comillas, do INESCTEC e da sueca KTH e outro que dá voz à indústria, com demonstrações em tempo real de soluções tecnológicas que estão a ser desenvolvidas no âmbito do projeto pela General Electric, CyberGrid, SAP, INESCTEC, Águas do Tejo Atlântico e o CNET – Centre for New Technologies.

O keynote speaker é Jorge Vasconcelos da NEWES (New Energy Solutions), numa sessão com início às 14h00. Logo a seguir, há lugar para discussão feita por alguns dos diferentes stakeholders do projeto, tais como ERSE, APIGCEE, REN, EDP Labelec, FCT/Nova e IST, num debate que vai ser moderado pela EDP Distribuição. Os pitchs por parte das 10 PME escolhidas encerram a sessão. Consulte aqui toda a informação.