Recolha seletiva porta-à-porta chega a duas novas zonas da Póvoa de Varzim

Recolha seletiva porta-à-porta chega a duas novas zonas da Póvoa de Varzim

Categoria Ambiente, Resíduos

A Lipor acaba de anunciar que a partir desta segunda começa nova fase de recolha multimaterial porta-a-porta no município de Póvoa de Varzim, com “novos circuitos, de forma regular, nos setores residenciais e não residenciais da Zona Norte e da Mariadeira, abrangendo cerca de 2.200 fogos”.

De acordo com a informação enviada à imprensa, o alargamento arranca com a entrega dos Pendurantes de Ativação da campanha, a que se “seguirá a distribuição de equipamentos de contentorização para recolha dedicada das várias frações (papel/cartão, plástico/metal, vidro e lixo) a cada um dos fogos abrangidos, uma “ação de sensibilização”, que irá introduzir e apelar a uma “correta reciclagem, informar sobre a periodicidade da recolha, procedimentos de entrega, bem como sobre as mais-valias deste novo sistema, nomeadamente o apoio a causas sociais” e a “implementação do sistema propriamente dito”.

O novo sistema de recolha seletiva porta-a-porta arrancou na Póvoa de Varzim em setembro de 2018, em duas zonas piloto (Bairro Sul e Matriz), com o objetivo de atingir 195 toneladas de resíduos recicláveis num ano. O sucesso do projeto refletiu-se num alargamento da área abrangida ainda durante o seu primeiro ano de funcionamento, levando a recolha porta-a-porta a mais 1014 fogos, na área envolvente ao bairro da Matriz.

Com o mote “Reciclar é dar +”, a ação baseia-se numa abordagem positiva por contacto pró-ativo, também a porta-à-porta, pela qual se somam e apresentam vantagens individuais (funcionais e financeiras) e sociais de adesão a este sistema específico de recolha de resíduos urbanos: “proximidade, comodidade, sustentabilidade e solidariedade, uma vez que os resíduos recicláveis entregues reverterão a favor dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim”, refere a mesma nota.

Foto: Lipor