Reserva Especial de Maputo negoceia 2500 animais com África do Sul

Reserva Especial de Maputo negoceia 2500 animais com África do Sul

A Reserva Especial de Maputo está a negociar 2500 animais de várias espécies com a vizinha África do Sul, no âmbito de um programa de repovoamento desta área protegida nos arredores da capital moçambicana, informou hoje o diário Notícias.

De acordo com o administrador da Reserva Especial, Armando Guenha, citado pelo Notícias, as negociações arrancaram após o término da primeira fase do programa de repovoamento da reserva, iniciado em 2010.

Na primeira fase, o programa transportou 1115 animais, entre impalas, zebras e girafas, de vários parques da província de Kwazulu Natal, na África do Sul, para Moçambique, segundo explicou ao Notícias Armando Guenha.

“A entrega e dedicação da equipa sul-africana na captura e no transporte dos animais, bem como a flexibilidade das autoridades moçambicanas intervenientes no processo de emissão dos documentos, permitiu-nos terminar o processo com sucesso”, afirmou Armando Guenha.

A falta de fundos e a escassez de animais por doações estão entre os principais problemas que afetaram a primeira fase do programa, que previa transportar 1560 do território sul-africano para Moçambique nos primeiros três anos.