Savills junta-se ao manifesto “Rumo à COP26″ da BCSD Portugal

Savills junta-se ao manifesto “Rumo à COP26″ da BCSD Portugal

Categoria Advisor, Empresas

A  Savills associou-se ao manifesto “Rumo à COP26”, promovido pelo Business Council for Sustainable Development (BCSD) Portugal, que elenca 11 objetivos para travar as alterações climáticas, destacando o papel central do setor empresarial nessa luta. “Ao apoiar esta declaração, a Savills reforça o compromisso já assumido para com a Sustentabilidade e a proteção do planeta”, lê-se num comunicado divulgada pela consultora imobiliária internacional.

Destacando a importância desta ação, João Castello Branco, presidente da Direção do BCSD Portugal e presidente do Conselho de Administração da The Navigator Company, explica que “não podemos deixar que a ação climática se limite às políticas e iniciativas atualmente em curso, sob pena de isso resultar num aquecimento global no mínimo de 2,9⁰C», o que ficaria muito aquém do que é necessário fazer para proteger o planeta e a sua biosfera”. Por isso, “as empresas têm um papel decisivo na ação climática, não só pelos impactos das suas cadeias de valor, mas sobretudo pelo seu potencial de investimento, conhecimento e inovação”, acrescenta o responsável.

“Para a Savills, e cumprindo com os seus objetivos de neutralidade carbónica até 2030, este é um passo natural que todos apoiamos. Sabemos que podemos fazer mais e, por isso, assumimos este manifesto, acelerando ainda mais as nossas metas futuras nos compromissos sustentáveis e implementação de políticas ESG – Environmental, Social and Governance”, declara Nuno Fideles, Senior Architect, Sustainability Consultant & BREEAM AP.

Associando-se ao manifesto do BCSD Portugal, os signatários reconhecem que: “Estamos num momento decisivo. É crucial aproveitar as lições da pandemia para acelerar a transição necessária, e é evidente a urgência da COP26 ser um sucesso, de forma a evitar consequências desastrosas para as sociedades e economias”.

A 26.ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP26) está agendada para 31 de outubro deste ano, estendendo-se até 12 de novembro, e terá lugar na cidade escocesa de Glasgow.

Assinaram o manifesto “Rumo à COP26” as seguintes empresas e organizações: Abreu Advogados, Águas e Energia do Porto, Algebra Capital, Altice Portugal, Altri, SGPS, AMBIOSFERA LDA, ANA Aeroportos de Portugal, APCER – Associação Portuguesa de Certificação, APlanet, Avenue, BioRumo – Consultoria em Ambiente e Sustentabilidade, Biosphere Portugal, Bondalti, Brisa, Carglass, Casa Mendes Gonçalves, Cimpor Portugal Cabo Verde Operations, CMS – Rui Pena e Arnaut, Cocoon Experience, Companhia das Lezírias, CONSULAI, Corticeira Amorim, CTT, Deloitte Technology, Delta Cafés, EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, EDP – Energias de Portugal, Efacec, Endesa, Everis Portugal, EY, Fidelidade, Finerge, FLEXDEAL, Fujitsu Technology Solutions, Galp, GoWithFlow, Grosvenor House of Investments, Grupo Ageas Portugal, Grupo Águas de Portugal, Grupo ProCME, Hovione, HyChem – Química Sustentável, Jerónimo Martins, Joyn SGPS, Lidergraf – Sustainable Printing, LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, Loyal, ManpowerGroup Portugal, Metropolitano de Lisboa, Millennium bcp, Mota-Engil, NOS, Oney Bank, Prio Bio, REN – Redes Energéticas Nacionais, Resíduos do Nordeste, Saint-Gobain Portugal, Sair da Casca, Santander, Savills Portugal, Schneider Electric Portugal, Schréder, SECIL, Signium | Xara-Brasil, Sofid, SOJA DE PORTUGAL, Sonae GPS, SOVENA, Stravillia Sustainability Hub, SUMOL+COMPAL, Super Bock Group, SUSTAINAZORES, Tabaqueira, TECNOPLANO, S.A., The Navigator Company, Tintex Textiles, TRIVALOR SGPS, UCI – Dê Crédito à sua Vida, VINCI Energies Portugal, Vogue Homes, Zolve – Logística e Transporte, Presidente e Vice-Presidente do Conselho Consultivo do BCSD Portugal.