Schneider Electric e BASF aumentam a visibilidade das operações com o EcoStruxure Asset Advisor

Schneider Electric e BASF aumentam a visibilidade das operações com o EcoStruxure Asset Advisor

Categoria Advisor, Empresas

A Schneider Electric auxilia a BASF, a maior empresa química do mundo, a aumentar a visibilidade das suas operações com a implementação do EcoStruxure Asset Advisor na sua nova subestação elétrica em Beaumont, no Texas.

A fábrica da BASF em Beaumont integra a sua divisão agrícola, possuindo agora um painel de instrumentos digital e apoio especializado necessários para monitorizar o estado dos seus ativos críticos através de um acesso 24/7 aos respetivos dados. Através de uma parceria com o departamento de serviços da Schneider Electric, a BASF “conta agora com aconselhamento especializado e recomendações proativas para prevenir avarias e otimizar estratégias de manutenção”, pode ler-se no comunicado enviado pela Schneider Electric.

O EcoStruxure™ Asset Advisor permite um desempenho mais previsível dos ativos, ajudando a BASF a prevenir a ocorrência de avarias, melhorar a segurança da fábrica e aumentar a eficiência operacional.

EcoStruxure™ Asset Advisor: serviço com base na cloud para transitar de uma manutenção reativa para uma manutenção proativa

O equipamento de distribuição elétrica da BASF fornece energia a toda a área de produção da fábrica de Beaumont. Graças ao EcoStruxure Asset Advisor – um serviço analítico preditivo e de monitorização com base em condições –, a BASF consegue agora monitorizar o estado dos ativos da sua nova subestação através do seu painel de instrumentos de cliente. Mais de 100 variáveis são medidas e analisadas, proporcionando uma monitorização precisa e fiável com base em condições. Através da sua parceria com o departamento de serviços da Schneider Electric, o cliente conta agora com aconselhamento especializado e recomendações proativas para minimizar avarias e otimizar estratégias de manutenção.

“O EcoStruxure Asset Advisor ajuda a evitar avarias catastróficas. Recolhe os dados necessários na altura adequada. Afinal de contas, os dados têm valor”, explica Lee Perry, engenheiro eletrotécnico da BASF.

“Estamos a ajudar a modificar a forma como realizam as suas operações por meio de uma monitorização contínua que lhes permite avaliar o estado atual de saúde do seu equipamento crítico e determinar se estão a ocorrer anomalias operacionais que precisem de ser corrigidas”, refere Alfredo Arriola, gestor de vendas do segmento EcoStruxure Asset Advisor na América do Norte. “Este é o futuro da manutenção preditiva e uma oportunidade para a BASF avançar para além dos intervalos de manutenção preventiva definidos como standard pela indústria.”

O serviço com base na cloud combina a plataforma de dados com a experiência da Schneider Electric em todas as áreas de serviços externos. Tira partido do desenvolvimento da IoT e das inovações em termos de conectividade, tecnologia de sensores e analítica preditiva. O EcoStruxure Asset Advisor analisa dados ao vivo provenientes de ativos críticos conectados, aplicando técnicas analíticas avançadas para a identificação de potenciais ameaças.

“A atenção dada pela BASF aos serviços baseados em dados (como o EcoStruxure Asset Advisor) demonstra que é uma empresa voltada para o futuro, pioneira na utilização de serviços baseados em dados e com base na IIoT para conseguir uma visão global sobre os nossos ativos críticos de distribuição elétrica”, acrescenta Lee Perry. A digitalização e as melhorias na gestão de ativos são parte da estratégia corporativa da empresa.