SPV passa a ter estatuto de Fundador de Serralves

SPV passa a ter estatuto de Fundador de Serralves

A Sociedade Ponto Verde (SPV) tem, a partir de hoje. o estatuto de Fundador de Serralves. O processo de formalização da nova parceria estratégica será formalizado com a assinatura de um protocolo, onde estão presentes o presidente do Conselho de Administração da SPV, António Nogueira Leite, a CEO da SPV, Ana Isabel Trigo Morais, e a presidente da Fundação de Serralves, Ana Pinho.

A sinergia entre a SPV e Serralves tem como objetivo a promoção de uma cultura de Economia Circular e o alargamento da atuação sustentável das duas entidades. Esta iniciativa da SPV é mais um passo para a valorização da Fundação de Serralves, com especial destaque para o Parque de Serralves, considerado uma referência no património paisagístico internacional, tendo uma área total de 18 hectares, com jardins, um lago e uma quinta agrícola com animais. Em 1997, recebeu o Henry Ford Prize for the Preservation of the Environment.

“A SPV, enquanto entidade líder na gestão de resíduos de embalagem e promoção de uma cultura de Economia Circular, está em sintonia com os valores da Fundação de Serralves que procura novas formas de economia criativa baseada em arte, inovação, empreendedorismo e serviço à comunidade”, afirma o presidente do Conselho de Administração da SPV, António Nogueira Leite.

“Quando falamos de um futuro sustentável, falamos de um futuro melhor para todos, onde a cultura tem um papel fulcral. A Fundação de Serralves, enquanto agente ativo da mudança de paradigma, é o parceiro ideal para unir esforços nesta área. Por isso, este protocolo não é apenas o culminar de uma aproximação institucional, mas sim o estreitar de laços com vista a reforçar o papel da Fundação de Serralves em proporcionar um melhor acesso à cultura de todos os cidadãos de Portugal, em que naturalmente as boas práticas assumem um papel paradigmático na educação para a sustentabilidade”, conclui Ana Isabel Trigo Morais.