Terceiro terramoto em 90 dias espalha medo e destruição em Itália

Terceiro terramoto em 90 dias espalha medo e destruição em Itália

Foi o terramoto mais violento em Itália desde 1980 e o terceiro na mesma região atingida, a 24 de agosto passado, por um devastador sismo que provocou cerca de 300 mortos e arrasou populações inteiras.

Com epicentro na localidade de Norcia, na região de Umbria, no centro do país, o terramoto correu às 7h40, com uma magnitude de 6.5 e a uma profundidade de 10 quilómetros, fazendo tremer a terra durante dois minutos.

Ainda que mais potente do que aquele que destruiu Amatrice e Accumoli em agosto, com 6.1 de magnitude, o de ontem não causou vítimas mortais.

Apenas duas dezenas de feridos, mas por outro lado, um elevado número de desalojados: 28 mil pessoas residentes n as cerca de cem cidades, vilas e aldeias onde o sismo se sentiu com maior intensidade.

O primeiro-ministro, Matteo Renzi, garantiu que “tudo será reconstruído” em Norcia e restantes localidades. Também o Papa Francisco expressou solidariedade para com as vítimas.