Tetra Pak apresenta uma solução que reduz o uso de água e as emissões de carbono no setor do leite

Tetra Pak apresenta uma solução que reduz o uso de água e as emissões de carbono no setor do leite

Categoria Advisor, Empresas

No Dia Mundial do Leite, que se assinalou esta terça-feira, 1 de junho, a Tetra Pak apresentou o seu novo portfólio de soluções de tratamento térmico (UHT 2.0) e o novo tipo de embalagem Tetra Pak ® E3/Speed Hyper. Estas soluções dão resposta às “necessidades urgentes do setor do leite em matéria de sustentabilidade”, bem como ao “compromisso para com a inovação com vista a reduzir a pegada ambiental”, assegura a empresa.

De acordo com a Tetra Pak, a implementação da nova carteira de soluções UHT 2.0 com tecnologia OneStep da empresa, em conjunto com o equipamento Tetra Pak® E3/Speed Hyper, permite “reduzir o consumo de água e vapor durante o processamento e embalamento de alimentos”, e, em simultâneo,  “produzir uma quantidade inferior de águas residuais”, contribuindo para a “redução dos custos associados à eliminação posterior das mesmas”. Por sua vez, a instalação de uma estação Tetra Pak® de filtragem de água, como complemento da unidade Tetra Pak® E3/Speed Hyper, ajuda os produtores a recuperar até 5500 litros de água por hora de funcionamento da máquina de enchimento (até 95%), e contribui, ao mesmo tempo, para a redução do consumo de água, precisa a empresa.

Com o crescimento da escassez de água no mundo, as águas residuais estão a tornar-se numa preocupação urgente no setor da alimentação e, em específico, no setor do leite: “Até 20% dos clientes da Tetra Pak estão localizados em áreas onde o risco de falta de água é alto ou muito alto e, desde há muito tempo, a empresa tem estado a dar prioridade a ações que representem uma solução para esta questão”, refere o comunicado.

A combinação da solução UHT 2.0 com a tecnologia OneStep e o Tetra Pak® E3 / Speed Hyper resulta numa pontuação elevada nos índices de referência do setor em matéria de sustentabilidade. A pontuação para o índice de gases com efeito de estufa (GEE) é de 0,8, a pontuação no índice de água é de 0,3 e a pontuação de perda de produtos é de 0,7. Em comparação com uma solução convencional para a linha, esta solução ótima integrada reduz as emissões de GEE em 20%, o uso de água em 70% e as perdas de produto em 30%.

As novidades incluídas no portfólio de produtos UHT 2.0 da Tetra Pak melhoram as possibilidades de automatização e rendimento, com uma oferta que é já a mais forte do setor. “Este novo portefólio de soluções UHT 2.0, combinado com a tecnologia OneStep, elimina etapas de processamento na linha de produção sem afetar a qualidade do produto final”, explica a empresa.

A Tetra Pak® E3 / Speed ​​Hyper representa o futuro da produção de embalagens individuais. Segundo a empresa, “é a máquina de enchimento assética de embalagens de cartão mais rápida do mundo, com capacidade para produzir até 40 mil unidades por hora, utilizando a tecnologia de esterilização eBeam para completar a tarefa de forma mais eficiente e rápida, do que era anteriormente possível”. Assim, “reduz-se impacto ambiental e torna-se a reciclagem da água mais fácil, combinando a produção de alta velocidade ao baixo custo com importantes vantagens ambientais”, refere, explicando que, “além de a capacidade superior poder reduzir os custos operacionais dos fabricantes em até 10%, também representa uma alternativa baixa em carbono para os equipamentos de PET assético, já que o consumo de energia e a pegada de carbono são cinco vezes mais baixos do que os relativos às linhas de PET assético”.