Timberland aposta numa política de sustentabilidade e espera alcançar resultados em 2 anos

Timberland aposta numa política de sustentabilidade e espera alcançar resultados em 2 anos

A par com uma política de sustentabilidade de longo prazo, a Timberland estabeleceu 10 metas concretas que culminarão naquele que é o principal objetivo da marca: que em 2020 já seja possível comprar produtos Timberland
100% livres de PVC. Para a marca de produtos de vestuário e calçado para o ar livre, as preocupações ambientais são uma missão, e desenvolver produtos com benefícios ambientais, uma necessidade de negócio.

Com esse fim, a marca decidiu ir mais além e definiu 10 metas concretas para 2020, das quais:

  • Calçado e vestuário 100% LIVRE DE PVC;
  • 100% ROR: todos os produtos de calçado incluirem, pelo menos, um material reciclado, orgânico ou renovável (ROR);
  • 100% LGW: totalidade do cabedal usado no calçado e no vestuário provir de fábricas de curtumes com classificação Ouro ou Prata atribuída pelo LWG, por seguir as melhores práticas ambientais;
  • 100% ORGÂNICO: todo o vestuário em algodão ser orgânico, originário dos E.U.A., ou proveniente da iniciativa ‘Better Cotton’;
  • 50% ENERGIA RENOVÁVEL: reduzir o consumo energético para 10% e obter 50% da energia através de fontes renováveis;
  • Alcançar uma TAXA DE RECICLAGEM DE 95%;
  • Calçado e vestuário 100% LIVRE DE PFC;
  • Chegar aos 10 MILHÕES DE ÁRVORES plantadas;
  • Envolver 80% DOS FUNCIONÁRIOS TIMBERLAND em serviço comunitário;
  • Chegar aos 1.5 MILHÕES DE HORAS de serviço comunitário

“Na Timberland, esforçamo-nos para que o respeito pelo ambiente seja transversal a todas as áreas de negócio e tentamos, sempre que possível, implementar algumas das iniciativas globais em território nacional. É um longo percurso, aquele que temos pela frente, mas estamos na direção certa para atingir as metas a que nos propusemos para 2020.”, afirma Susana Silva, head of brand and marketing da Timberland para o Grupo Brodheim.

Atualmente, uma verdadeira visão ecológica do mundo não pode deixar de considerar a forma como a produção têxtil é feita. Por essa razão, a Timberland está a eliminar químicos impermeáveis à água que contenham PFC
(fluorocarbonetos, que são potentes gases de estufa). O PVC, um dos materiais plásticos mais utilizados, já foi quase completamente abandonado pela marca. Para combater os resíduos de plástico, a Timberland está também a reciclar garrafas de plástico.

Em 2017, foram usados 40 milhões de garrafas de plástico na produção de sapatos (3 milhões a mais do que no ano anterior).