Uber e CEiiA acordam extensão do uberGREEN por mais três meses

Uber e CEiiA acordam extensão do uberGREEN por mais três meses

Há três meses a Uber deu um passo importante em direção a uma mobilidade mais sustentável e livre de emissões de carbono nas cidades portuguesas com o lançamento do uberGREEN, uma alternativa de viagem 100% elétrica ao mesmo preço do uberX. De entre as mais de 400 cidades de todo o mundo onde opera, Lisboa e Porto foram as cidades escolhidas para testar esta nova alternativa de mobilidade.

Com este projeto-piloto, lançado exclusivamente nas cidades portuguesas em parceria com o CEiiA, e com o envolvimento próximo de vários intervenientes importantes na mobilidade elétrica em Portugal, foi colocado um ambicioso desafio aos utiliadores da Uber: atingir uma poupança de cerca de 20 toneladas de CO2 às cidades de Lisboa e Porto, em três meses.

Durante os primeiros três meses de projeto-piloto, as viagens uberGREEN geraram poupanças de 23,2t de CO2 a Lisboa e ao Porto, e colheram uma avaliação média de 4,91 numa escala de 1 a 5 (superior à avaliação média do uberX e UberBLACK).

Por esse motivo, a Uber e o CEiiA anunciam hoje, dia 15 de junho, o início de uma segunda fase do projeto-piloto uberGREEN por mais três meses, até dia 6 de setembro. O objetivo é simples: desenvolver esforços para aumentar a disponibilidade de carros 100% elétricos aos utilizadores, que passará necessariamente pelo desenvolvimento de infraestruturas de carregamento rápido indispensáveis à operação, num esforço conjunto com os vários intervenientes na mobilidade elétrica em Portugal.