Eurekathon 2021 procura soluções inovadoras para cidades sustentáveis

Eurekathon 2021 procura soluções inovadoras para cidades sustentáveis

Categoria Advisor, Investigação

A NOS, a LTPLabs e a Porto Business School estão a promover a 3ª edição da Eurekathon: “uma maratona de geração de ideias, que desafia estudantes e profissionais das áreas de Engenharia e Ciências, Business Analytics e Data Science a encontrar soluções inovadoras que respondam a problemas reais, alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU”. O objetivo é que “os projetos arquitetados pelos participantes contribuam diretamente para o desenvolvimento da sociedade, e lhes permitam reforçar competências críticas no novo paradigma da digitalização”, pode ler-se num comunicado, partilhada pela NOS.

O tema da edição deste ano da Eurekathon é “Challenging Data for Sustainable Cities” e conta com a parceria da Câmara Municipal de Matosinhos e do CEIIA. Segundo a nota da NOS, os participantes deverão fazer uma minuciosa análise dos dados disponíveis para, depois, apresentarem soluções de otimização dos espaços urbanos de modo a promover cidades mais inteligentes e mais sustentáveis.

De acordo com os dados da ONU, hoje, cerca de 55% da população mundial vive em áreas urbanas e a expectativa é de que aumente para 75% até 2050. As cidades são o palco de transformação, onde a mobilidade, a eficiência na gestão de recursos, a acessibilidade e a representatividade constituem desafios acrescidos, mas são também motores de desenvolvimento.

A procura por soluções inovadoras que possam dar resposta às problemáticas urbanas do futuro e melhorar a vida das pessoas é premente, para a qual a 3ª edição da iniciativa Eurekathon pretende contribuir.

Com base no impacto potencial, na inovação e na profundidade analítica, este painel vai premiar três equipas e os resultados dos seus projetos serão partilhados e discutidos com a Câmara Municipal de Matosinhos.

Ao longo da competição, todas as equipas vão contar com o acompanhamento de mentores destacados e terão acesso a uma diversidade de dados de comportamento humano, de fontes privadas e públicas, para criar análises, modelos e ferramentas, com vista à resolução do desafio.

Os concorrentes poderão, ainda, participar em atividades complementares, que incluem momentos de interação entre participantes e especialistas em Data Science e Smart cities, bem como momentos de entretenimento online, que promovem networking.

A competição vai decorrer virtualmente entre os dias 12 e 14 novembro, através de uma plataforma especialmente desenvolvida para o evento. No dia 20 de novembro, os finalistas terão oportunidade de apresentar os seus projetos, que serão sujeitos à avaliação de um júri.

As inscrições estão abertas até dia 3 de novembro, através do site da Eurekathon.