Projeto de startup galega vence prémio na luta contra a vespa asiática

Projeto de startup galega vence prémio na luta contra a vespa asiática

Categoria Advisor, Empresas

A Confederação Espanhola de Organizações Empresariais (CEOE) e a consultora PGS galardoaram a PME galega Aerocámaras pelo projeto no combate à expansão da vespa asiática, com recurso a drones. No comunicado enviado à imprensa, pode ler-se que a Aerocámaras é apoiada pelo Governo da Galiza e pela Indra, uma das principais empresas globais de tecnologia e consultoria.

O prémio foi entregue pela Indra na cerimónia do Concurso “Innovation in Company”, na presença do vice-presidente da organização e presidente da Associação dos Trabalhadores Autónomos, Lorenzo Amor. A distinção reconhece o elevado potencial e capacidade da Aerocámaras em trabalhar dentro de um modelo de inovação aberto, juntamente com empresas da dimensão e experiência da Indra.

A vespa velutina ou vespa asiática é uma espécie invasora que se espalhou pelo norte da Espanha, Portugal e outras áreas da Europa e representa uma séria ameaça às espécies locais de vespas e abelhas, afetando a produção local de mel.

A Aerocámaras criou, através da sua startup Eurodrones, uma das ferramentas mais eficazes para combater este inseto, apoiando assim o trabalho de agentes rurais e guardas florestais. O sistema dispõe de sensores para detetar insetos, identificar o local exato onde está o ninho e eliminá-lo, através da injeção de um líquido que não afeta as outras espécies. O uso de drones revelou-se a única forma possível de cobrir a vigilância de grandes áreas florestais, inacessíveis em muitos casos por outros meios, assim como localizar e eliminar os ninhos de vespas.