ZERO P lança programa de transformação de garrafas PET em filamento para impressão 3D

ZERO P lança programa de transformação de garrafas PET em filamento para impressão 3D

Categoria Advisor, Empresas

A startup portuguesa Zero P acaba de lançar um programa de sensibilização ambiental que assenta na transformação de garrafas PET em filamento para impressão 3D.

De acordo com a empresa, o processo é simples: “Envolve a utilização da PetBot, máquina que numa primeira fase corta as garrafas de PET em tiras e numa segunda fase transforma essas mesmas tiras em filamento para impressão 3D”, lê-se numa nota.

Num processo que se pretende que seja o mais simples de utilização, a Zero P assegura que é possível transformar uma garrafa de água ou refrigerante de 1 litro em 5 metros de filamento e um garrafão de água de 5 litros em 13 metros de filamento.

Após a validação do filamento produzido em impressoras 3D comuns, a startup passa agora a disponibilizar para escolas o programa “ZeroPET”, como forma de sensibilizar as camadas jovens para o facto de que “não existe lixo plástico”, promovendo a temática da economia circular e o upcycling de materiais.

A missão da Zero P é desenvolver ações que promovam e incentivem a alteração de hábitos de forma contínua e sustentável, envolvendo o maior número possível de pessoas a nível nacional e internacional.

“Sabemos desde o primeiro minuto que estamos no caminho certo, e temos feito um fantástico trabalho em prol do ambiente e da cidadania ambiental”, refere Sílvia Cordeiro Nunes, fundadora e responsável pela operação.

O processo de internacionalização está na mira da equipa da Zero P que começou já a desenvolver contactos em Moçambique e Angola, países onde o propósito da empresa ainda faz mais sentido, uma vez que há enormes quantidades de plástico um pouco por todo o lado, que pode ser transformado em matéria prima, ao mesmo tempo que se promovem as melhores práticas junto da população.