Milhares de pessoas visitaram a 11.ª edição do Greenfest 

Milhares de pessoas visitaram a 11.ª edição do Greenfest 

Categoria Advisor, Agenda

A festa da sustentabilidade ambiental celebrou-se nos últimos quatro dias no Centro de Congressos do Estoril, onde se realizou a 11.ª edição do GreenFest. O certame juntou cerca de 20.000 visitantes, incluindo 3.000 alunos e professores dos ciclos preparatórios e secundário, que tiveram oportunidade de visitar casas inteligentes, comprar sapatos vegan, simular a prática de surf ou perceber como poderemos reutilizar os desperdícios alimentares, entre outros temas de cariz social.

A educação é uma vertente que o mentor e organizador do GreenFest, Pedro Norton de Matos considera “fundamental para inverter a mentalidade da sociedade perante a sustentabilidade ambiental e social”, pelo que optou por iniciar o evento em horário escolar, facto que possibilitou a que várias escolas tenham tido oportunidade de visitar esta iniciativa.

Entre óleos que são transformados em detergentes de roupa ou loiça por parte da EcoXperience, sapatos vegan com utilização de plástico apanhado nas praias, caso da Zouri Shoes ou casas inteligentes que indicam quando um alimento se vai estragar, que permite a impressão de alimentos saudáveis através de uma impressora 3D aproveitando cascas de batata ou talos de couve utilizando nanotecnologia, desta feita por parte do Laboratório Internacional de Nanotecnologia, o GreenFest foi um encontro de várias gerações em prol de um bem comum, do futuro da sociedade. A inovação e empreendedorismo social estiveram também em destaque.

No decorrer do GreenFest foram constantes as apresentações, workshops e palestras sobre alimentação saudável, bem-estar, lifestyle, mobilidade ou novas práticas sustentáveis que levaram os visitantes a encher os vários espaços, assim como sessões de yoga ou concertos.

O maior evento de sustentabilidade do país trouxe igualmente oradores dos mais variados cantos do mundo, com destaque para Leyla Acaroglu, ativista internacional e “Champion of the Earth” por parte da ONU, Calixto Suárez, defensor da cultura indígena colombiana que representa 80% da biodiversidade na terra ou Erik Huss, especialista sueco de comunicação climática que tem um projeto sobre como Portugal e a Suécia, países em extremos opostos da Europa, poderão trabalhar em conjunto para implementar ações a favor da sustentabilidade ambiental influenciando assim o “Velho Continente”.

O GreenFest regressa em junho, em Braga, desta feita para a 2ª edição na cidade dos arcebispos.